GASTRONOMIA

Olivoturismo: onde degustar os melhores azeites em Portugal
Região do Alentejo é marcada por extensos olivais de onde se extraem as melhores azeitonas para a produção dessa iguaria.


O azeite é um ingrediente essencial na culinária local, e todos os viajantes acabam provando-o nas refeições/Foto: Divulgação

O azeite de oliva português está entre os melhores do mundo. O país produz em média 140 milhões de litros de azeite por ano e o Alentejo, maior região de Portugal, é responsável por 90% de todo "ouro líquido" produzido no país. Frutado e suave, complexo e harmonioso, o azeite alentejano tem todas as qualidades que o posicionam entre os melhores.

O azeite é um ingrediente essencial na culinária local, e todos os viajantes acabam provando-o nas refeições. Mas além de experimentar os pratos típicos alentejanos preparados com azeite ou ver as paisagens marcadas pelos olivais, os turistas também podem aproveitar diversas atrações e atividades alusivas a esta iguaria. É o chamado olivoturismo.

Entre as atividades mais comuns estão as visitas às herdades produtoras, nas quais os viajantes são acompanhados por um guia em todas as fases de produção desde o plantio e a colheita até o lagar, onde a azeitona é prensada. Em algumas herdades é possível acompanhar essa atividade, além de participar de degustações dos azeites e aprender as diferenças entre cada um deles.

A Herdade do Esporão é um grande produtor de azeite do Alentejo e suas oliveiras se espalham enfileiradas por toda propriedade. Por lá são produzidos mais de 1 milhão de litros da iguaria por ano. Além da plantação de oliveiras, os turistas também podem visitar o local onde ficam os maquinários que preparam o azeite.

E para aqueles que querem viajar pelas raízes do saber alentejano de extrair o bom sabor da azeitona, é possível vivenciar experiências únicas no Lagar Museu Melara Picado Nunes. Localizado na aldeia de Galegos, em Marvão, o local oferece uma visita guiada que conta a história de uma família produtora e do azeite de Marvão, com direito a visita a um olival, a um lagar antigo e a um lagar em funcionamento, além de uma degustação de azeites.

Outra opção é relaxar em um dos incríveis spas que utilizam o azeite alentejano em terapias exclusivas. Devido ao seu alto teor de ômegas e vitaminas A e E, os tratamentos com o azeite alentejano são extremamente benéficos para o corpo. Os visitantes podem encontrar esse tipo de tratamento no Convento do Espinheiro, em Évora.

Mais informações: Click aqui




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



GASTRONOMIA  |   06/09/2022 18h25





GASTRONOMIA  |   18/08/2022 20h58


GASTRONOMIA  |   28/07/2022 12h34