DICAS DE VIAGEM

7 problemas que você pode resolver com um Seguro Viagem e nem sabia
O seguro viagem é a melhor solução para quem quer viajar com mais tranquilidade e evitar dores de cabeça. Veja como ele pode te ajudar!


Se planeja viajar e não quer passar pelos temidos “perrengues”, a melhor estratégia é a prevenção/Foto: Ilustrativa

Você sabia que a procura por seguro viagem aumentou 230% só no primeiro semestre de 2022? A informação é da Confederação Nacional das Seguradoras Gerais (CNSeg). A solução é essencial para emergências como problemas de saúde, acidentes, extravio de bagagem e repatriação. Mas, você que está planejando a próxima viagem, sabe qual a importância e como este seguro pode te ajudar!

O seguro viagem é um serviço regulamentado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep) e oferece diversos tipos de assistência, conforme especificado na apólice do viajante. As modalidades básicas costumam incluir assistência médica, hospitalar e odontológica, seguro de bagagem, retorno antecipado, translado médico e outros serviços muito úteis em caso de problemas durante a viagem no Brasil ou no exterior. Esse serviço pode ser prestado de duas formas: atendimento presencial em hospital e/ou parceiro, ou reembolso das despesas de repatriação, conforme especificado na apólice (com justificativa).

Seja o seu destino uma cidade brasileira ou o exterior, é altamente recomendável contratar um seguro viagem para casos imprevistos. Veja aqui alguns benefícios:

Preços acessíveis
Os seguros internacionais podem trabalhar com preços a partir de R$ 9,00 por dia e por viajante. Já para os nacionais, esse valor é na faixa de R$ 6,00.

Atendimento em português
O auxílio em sua língua é importante para você se comunicar em momento de necessidade e está garantido em seu seguro.

Assistência para gestantes e idosos
Mulheres grávidas e viajantes idosos têm maiores possibilidades de sentir algum mal-estar e podem precisar de atendimento emergencial ou especial.

Prática de esportes
Há coberturas que incluem direito a esportes radicais e viagens na neve.

Viagens internacionais que exigem seguro viagem
Na hora de planejar sua viagem, é importante saber se o país de destino exige visto, como é o clima, quais lugares você deve visitar e se precisa de seguro. Alguns locais, nos mais diversos continentes, incluindo destinos de viagem populares, exigem até mesmo este pacote como um documento adicional ao seu passaporte no aeroporto. Isso porque os viajantes são indenizados em caso de imprevistos e o Estado não tem que arcar com despesas emergenciais no caso de estrangeiros. Os principais destinos que exigem o seguro dos viajantes são:

Dubai - Emirados Árabes - Galápagos - Países do Tratado de Schengen (maioria dos países da Europa) - Países latino-americanos como: Argentina, Chile, Cuba, Equador, Paraguai, Suriname - Argélia - Namíbia - Omã - Suriname - Bulgária - Chipre - Eslovênia - Irã - Jordânia - Israel - Líbano - Tailândia - Turcomenistão e Ucrânia.

O brinde é a tranquilidade de contar com suporte em qualquer lugar e a garantia de assistência gratuita ou reembolso.

Plano de cobertura ideal
Das opções mais simples às mais abrangentes, o viajante pode considerar o que o seguro viagem oferece além das coberturas mais comuns na hora de escolher o plano ideal para o tipo de passeio que fará. Os fatores que influenciam essa decisão incluem:

- Clima: vai para algum país com clima extremamente quente ou frio?
- Idade do viajante: os riscos de saúde são maiores para pessoas com mais de 60 anos.
- Tempo de permanência: qual período pretende passar em sua jornada e estadia?
- Tipo de roteiro: viajará a passeio ou por aventura?
- Condições de saúde: os viajantes precisam de cuidados especiais ou médicos?
- Orçamento: até quanto pode pagar em um seguro de viagem?

7 problemas que você pode resolver com um seguro viagem
Emergências são surpresas indesejadas, e podem acontecer a qualquer hora. Problemas de saúde, acidentes e outras situações no exterior podem gerar enormes dívidas. Abaixo estão os sete problemas com os quais você não vai precisar se preocupar com um seguro contratado. Mas atenção: lembre-se de consultar os itens do pacote de cobertura que cada plano garante.

1. Assistência médica e odontológica
Imagine sofrer um acidente que exigiu atenção médica porque você não tinha seguro. Despesas inesperadas podem atrapalhar o sucesso da sua viagem. Por exemplo, algumas regiões têm custos médicos muito altos. Nos Estados Unidos, os custos de hospitalização podem chegar a US$ 3.500 por dia. Já com o seguro viagem, a quantia cai para cerca de 15 reais por dia. Caso necessite de assistência médica, hospitalar ou odontológica durante a viagem, os custos serão pagos ou reembolsados nos hospitais conveniados. Em geral, essa cobertura cobre emergências relacionadas a acidentes pessoais, doenças súbitas ou agudas, doenças pré-existentes ou crônicas.

2. Assistência farmacêutica 
 Se você precisar tomar remédios prescritos pelo seu médico ou dentista, devido a um acidente ou doença durante a viagem, esses custos serão cobertos pelo seu seguro. Recomendamos que guarde a receita e o talão junto da sua farmácia, para solicitar o reembolso.

3. Traslado de corpo
Caso aconteça o pior, um seguro também pode ajudar nesse momento tão difícil. Os custos de liberação e transporte do cadáver são cobertos, geralmente por meio de reembolso ou prestação de serviços de redes credenciadas. É necessário apresentar atestado de óbito expedido por consulado brasileiro, atestado médico e autorização de deportação expedida pela autoridade policial do país de destino.

4. Bagagem extraviada
O seguro viagem cobre todos os custos de atraso e danos à sua bagagem durante a estadia e ajuda você a encontrá-la. Os reembolsos serão calculados com base no peso da bagagem indicada no bilhete no momento do embarque, independentemente do valor do conteúdo.

5. Cancelamento de viagem
Essa cobertura é útil para proteger o seu investimento se circunstâncias imprevistas o impedirem de viajar. Serão reembolsadas quaisquer taxas ou multas impostas pelas companhias aéreas, hospedagens e passeios adquiridos após a emissão da apólice.

6. Atraso da companhia aérea
Atrasos nos voos podem causar vários inconvenientes, como não poder comparecer a um compromisso ou ter problemas com a reserva da acomodação. Geralmente, se o atraso no embarque for superior a 6 horas, você pode entrar em contato com sua companhia de seguros. A maioria das apólices com essa cobertura oferece reembolso de alguns custos, que não são pagos pelas companhias aéreas regulares.

7. Assistência jurídica
Esse é um dos tipos de coberturas complementares que as seguradoras oferecem e que muita gente desconhece. A garantia tem por finalidade cobrir despesas como honorários advocatícios, em assuntos que requeiram assistência jurídica à disposição do segurado durante a viagem. Percebeu como contar com este tipo de seguro é essencial para garantir uma viagem tranquila? Afinal, quando o assunto é descansar, o que nós não queremos é ter preocupações.

Por isso, se você está planejando uma viagem e não quer passar pelos temidos "perrengues", a melhor estratégia é a prevenção!

Dica de empresa de seguro viagem: Click aqui




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



DICAS DE VIAGEM  |   01/02/2023 18h30





DICAS DE VIAGEM  |   07/12/2022 12h18


DICAS DE VIAGEM  |   01/11/2022 18h20